segunda-feira, 25 de julho de 2011

Conjutivite alérgica e desabafo

Oi pessoal!

Como vocês foram de fim de semana?
O meu foi legal, mas poderia ter sido melhor se não fosse a conjuntivite alérgica de Pedro.
Bom, primeiro gostaria de dizer que a alergia respiratória está contornada. Tem exatos dois meses que ele não tem nenhuma crise de traqueíte ou bronquite. Estamos fazendo tratamento homeopático há 9 meses. Ele gosta de usar as “bolinhas”, não dá trabalho para usar, apenas tenho que ter disciplina quanto ao uso, e isso é tranquilo para mim.
A conjuntivite alérgica também faz parte do quadro de rinite, uma coisa puxa a outra. O grande problema é que com frequencia estamos usando colírio, desses próprios para alergia, porém sem corticoide. Esses colírios são uma espécie de preventivos. Mas não tem resolvido. Levamos a um novo oftalmo, acho que é o quinto em 1 ano e meio, e usou um corticoide que resolveu. Mas ao terminar o prazo de uso, 7 dias, retornou tudo novamente. Não sei se vocês sabem, mas uso prolongado de corticoide ocular pode causar glaucoma e uma série de outras doenças.
Queria que vocês imaginassem um pouco o que é uma criança com esse tipo de alergia...
· O olho fica constantemente irritado;
· Qualquer coceira local provoca uma irritação enorme, sem contar que para coçar, basta começar;
· Tem uma sensibilidade grande a claridade, portanto imaginem que Pedro fica um bom tempo de olhos fechados e lacrimejando. Anda pela casa de olhinhos fechados, quer comer sem abrir os olhos, e por aí vai;
· Temos que lavar as mãos inúmeras vezes durante o dia. Porque coçar os olhos já é ruim, imaginem com as mãos sujas;
· A coceira, a ardência e o incomodo com a claridade deixa qualquer um irritado. Pensem em uma criança nessa situação? Ele fica extremamente nervoso, chora, não quer fazer nada, brincar, comer, assistir TV ou ir à escola. Todos os dias de manhã é uma loucura.
As perguntas dos médicos são basicamente essas: ”Tem bicho de estimação em casa?”, “Tem bicho de pelúcia no quarto ou cortina?”, “Usa capa no colchão e no travesseiro?”. Obviamente que essas perguntas fazem sentido, mas quando você já toma providencias frequentes para cada uma delas, já não fazem mais sentido.
Para vocês terem noção, lá em casa me desfiz de minha Nina, uma YorkShire linda, há quase 3 anos, usamos capa em colchão e travesseiro, compro travesseiros novos a cada 2 ou três meses para os meninos, além de lavar a cortina do quarto uma vez por mês, sem contar com os cuidados com a limpeza do ambiente, prateleira, cama, guarda-roupa... EU NÃO SEI MAIS O QUE FAZER!!! Me sinto completamente impotente...  Se eu descobrisse a causa disso seria mais fácil... Mas diante de todos esses cuidados o que mais poderia ser?
Tem outro detalhe importante, Pedro sabe que não pode coçar o olho. Mas inevitavelmente ele coça, porque é agoniante mesmo. Em uma ida ao médico soube que coçar muito os olhos pode provocar lesões sérias na córnea o que pode provocar o comprometimento da visão. Ai, meu Deus! Dai explico a Peu, e a pesar dele entender, ele é criança e age pelo impulso, e começa a coçar.
Pesquisei sobre o assunto, então divido com vocês as orientações abaixo:
Como diminuir as crises de alergia?

Pessoas alérgicas devem tomar algumas medidas para evitar a ocorrência de crises alérgicas
• Mantenha o ambiente livre de poeira e de preferência arejado e ensolarado.
• Utilize produtos anti-mofo
• Lave as roupas guardadas por muito tempo, antes de usar, porque elas acumulam poeira e mofo.
• Evite objetos que juntam pó - cortina, tapetes, bichos de pelúcia. Troque tecidos de pano por tecidos plásticos. Encape travesseiros e colchões
• Limpe com frequência o filtro do ar condicionado.
• Evite flores ou animais domésticos (principalmente gatos e cachorros) dentro de casa.
• Evite lugares úmidos e com muita poeira
• Evite manusear produtos antigos ou guardados há muito tempo (livros por exemplo)
• Evite contato com fumaça de cigarro

Tratamento da Alergia Ocular

O mais importante é evitar a alergia. Para isso as medidas listadas acima são fundamentais para diminuir o número de crises.
Uma vez que a alergia já se instalou, EVITE COÇAR OS OLHOS.
Cada vez que você coça os olhos, libera mais mediadores químicos da alergia, causando mais coceira ainda e fazendo um círculo vicioso. Além disso, coçar muito o olho pode causar outros problemas como lesões na córnea a até uma doença chamada ceratocone.

- Compressas geladas aliviam a coceira e impedem que você coce o olho aumentando ainda mais a irritação
- Uso de soro fisiológico ou colírios lubrificantes, lavam o olho, tirando os componentes que estão causando a alergia (pólen, poeira etc) do olho.
- Colírios antialérgicos: Existem diversos colírios antialérgicos no mercado (patanol, patanol S, relestat, octifen). Eles são antihistamínicos (aliviam a coceira) e estabilizadores da membrana dos mastócitos. Os mastócitos são células envolvidas na alergia e esses medicamentos interferem nelas para interromper o processo alérgico. São colírios altamente eficazes, que só precisam ser usados 2 vezes ao dia e praticamente não tem efeitos colaterais
- Colírios de corticóides: Os corticóides são antiinflamatórios altamente eficazes e potentes mas só devem ser usados em casos onde há lesões na córnea. Os corticóides tem muitos efeitos colaterais e só devem ser usados sob orientação médica.
- Colírio de Ciclosporina: Esse medicamente é uma opção para casos em que o paciente não consegue ficar sem o corticóide. É reservado, portanto, para casos de tratamento mais difícil.
- Medicamentos antialérgicos sistêmicos. O uso de comprimidos para alergia podem ajudar no tratamento da alergia ocular principalmente se a pessoa também estiver com rinite, asma etc. Por isso sempre é benéfíco uma visita ao alergista

Bom, quem tiver alguma ideia e puder dividir comigo, eu agradeço muito!

Super beijo de uma mamãe preocupada

Cândida

6 comentários:

  1. Oiii!
    Meu filho sofre com alergias e agora por exemplo, está com sinusite e os olhos completamente ressecados. O oftalmo sempre receita Octifen e Systane, um lubrificante. O problema é que eu acho que não tá adiantando é nada.. Ele pisca muito, e forte, parece cacoete, mas não é... do mesmo jeito que começa, passa... já não sei o que fazer... conseguiu descobrir algo que realmente ajude??

    ResponderExcluir
  2. OLA VI QUE SUA PUBLICAÇAO É DE 2011, SEU FILHO JA MELHOROU DA ALERGIA? MEU FILHO SOFRE COM A MESMA COISA TUDO OQUE VC FALOU EU ESTOU PASSANDO, É MUITO DIFICIL... ABRAÇOS

    ResponderExcluir
  3. Oi Luisa!!!

    Ele melhorou um pouco com os cuidados postados. Mas acho que a idade ajudou nisso... ou seja, à proporção que ele cresceu melhorou a imunidade.

    O que posso te dizer é que vai melhorar. Não desista dos cuidados e das orientações médicas por mais cansativo que seja.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Candida meu filho tem 3 anos e meio e o mesmo problema há 1 ano.
      Se puder me passar seu e-mail para compartilharmos experiências agradeço, estou há 1 ano em aflição e preocupadíssimo.
      Meu e-mail willamsmc@bnb.gov.br
      Att Willams Menezes

      Excluir
  4. Tenho 48 anos quando criança tive bronquite, aos treze fiquei curado da bronquite mais infelizmente a rinite e conjuntivite alérgica me acompanham até hoje, no último ano comecei a fazer a imunoterapia com vacina(R$217,00), a coriza nasal melhorou 90% mais a conjuntivite alérgica continua incomodando principalmente no olho esquerdo, nas crise uso Patanol S ou Octifen, e nos momentos mais graves pingo uma gota de Florate(corticoide) antes de dormir por dois dias. A minha expectativa que a imunoterapia amenize a minha conjuntivite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Luiz Carlos. Tbm sofro dos mesmos sintomas que você. O tratamento d imunoterapia ajudou??

      Excluir

Deixe aqui seu comentário. Obrigada por fazer parte do nosso Blog!

Postagens populares